10 hábitos alimentares que aceleram o metabolismo


Confira dicas para manter o bom funcionamento do organismo e evitar o ganho de peso!

Você provavelmente sabe que seu metabolismo vai ficando mais lento com o passar dos anos, o que favorece o aumento de peso ao longo da vida. Vários fatores contribuem para que seu motor de queima de gordura desacelere: níveis hormonais, perda de massa muscular e o estresse são apenas alguns deles. No entanto, estudos indicam que o ganho de peso da meia-idade não é inevitável e, com os hábitos certos, é possível controlar essas mudanças. O primeiro passo é cuidar da alimentação e manter hábitos saudáveis. Você não deve, por exemplo, extrapolar cerca de 400 calorias em uma refeição principal. Esta quantidade será suficiente para mantê-la saciada e, de quebra, ajudar a emagrecer sem esforço. Quer mais algumas dicas para manter seu metabolismo acelerado? Confira os itens abaixo e veja como ajustar sua alimentação para ajudar seu corpo a queimar a gordura indesejada.

1. Coma o suficiente: De fato, você deve cortar calorias para perder peso, mas é importante manter a medida. Ingerir alimentos “de menos” será um golpe ao seu metabolismo! Isto porque quando você come menos do que o necessário para suas funções biológicas básicas (cerca de 1.200 calorias para a maioria das mulheres), o corpo aperta o freio em seu metabolismo. Além disso, ele passa a recorrer aos músculos para obter energia. Segundo a nutricionista Marina Donadi, o ideal é comer o suficiente para não sentir fome. “Além das refeições principais, é interessante fazer pequenos lanches entre as refeições principais, no meio da manhã e no meio da tarde. Comer a cada 3 ou 4 horas vai mantê-la sem fome e evitar excessos”, aconselha a nutricionista.

2. Consuma cafeína: A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central e pode acelerar o seu metabolismo em 5 a 8%, o que significa a queima de cerca de 90 a 170 calorias por dia. Já um estudo japonês indica que uma xícara de chá pode acelerar seu metabolismo em até 12%. Os pesquisadores acreditam que a catequina, um fitonutriente antioxidante, é a responsável por promover este impulso.

3. Aposte nos alimentos integrais: Se quer acelerar seu metabolismo, aumente a ingestão de fibras. Para isto, troque pães e massas feitos com farinha branca pelas opções integrais e consuma mais legumes e frutas. Pesquisas mostram que algumas fibras podem aumentar seu metabolismo em até 30%, e estudos acreditam que mulheres que consomem mais fibras ganham menos peso ao longo do tempo.

4. Beba água fria: Pesquisadores alemães descobriram que beber seis copos de água fria por dia podem aumentar seu metabolismo em repouso, gastando cerca de 50 calorias a mais por dia – o suficiente para eliminar cerca de 5 quilos em um ano. Eles acreditam que isso acontece porque o organismo trabalha para aquecer a água à temperatura do corpo.

5. Prefira alimentos orgânicos: Pesquisadores canadenses acreditam que os pesticidas presentes nos alimentos podem interferir no processo de queima de energia. Por isso, sempre que puder, opte por alimentos orgânicos (já que os não-orgânicos tendem a conter pesticidas em níveis mais elevados).

6. Não deixe faltar proteínas: Certifique-se de que há uma fonte de proteína a cada refeição. Este nutriente é indispensável para seu corpo manter a massa muscular. Pesquisas mostram que a proteína pode aumentar a queima de calorias em até 35%. A nutricionista Marina Donadi sugere boas fontes de proteína para incluir em suas refeições: ovos, carnes magras (como peixe e peito de frango), nozes, queijo cottage, leite ou iogurte desnatado.

7. Não deixe faltar ferro: Alimentos ricos em ferro são essenciais para o transporte de oxigênio que seus músculos precisam para queimar gordura. Até a menopausa, as mulheres perdem ferro todos os meses por conta da menstruação. Se não reabastecer seus recursos, corre o risco de baixar o consumo de energia e diminuir o metabolismo. A nutricionista dá a dica: mariscos, carnes magras, feijões, cereais fortificados e espinafre são excelentes fontes de ferro.

8. De olho na vitamina D: A vitamina D é essencial para a preservação do tecido muscular, ajudando a acelerar o metabolismo. Mas um estudo mostrou que apenas 4% de americanos com mais de 50 anos conseguem o suficiente através de suas dietas. E o melhor: você pode conseguir a vitamina D apenas tomando alguns minutos de sol todos os dias! Boas fontes alimentares desta vitamina são: salmão, atum, camarão, tofu, cereais e ovos.

9. Não exagere na bebida alcoólica: Quando ingere bebidas alcoólicas, você queima menos gordura, já que o álcool é utilizado como combustível em seu lugar. É surpreendente: dois Martinis podem reduzir a capacidade de queima de gordura de seu corpo em até 73%.

10. Consuma laticínios: A deficiência de cálcio pode retardar o metabolismo. Além disso, uma pesquisa mostra que o consumo de cálcio através de alimentos lácteos também pode reduzir a absorção de gordura de outros alimentos. Ótimas fontes são leite e iogurte desnatados. Aposte!

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF