Você nunca mais vai querer limpar os ouvidos depois de ler isso


Uma matéria que vai te explicar o porque você não deveria colocar nada no ouvidoVocê-nunca-mais-vai-querer-limpar-os-ouvidos-depois-de-ler-isso Uma matéria que vai te explicar o porque você não deveria colocar nada dentro dos seus ouvidos. Provavelmente você já ouviu a sua mãe ou avó te dizendo para não ficar enfiando cotonete no ouvido, porque você poderia acabar acertando o tímpano. Essa matéria não é sobre esse problema. Primeiro, a verdade é que você não precisa limpar o seu ouvido. Segundo o médico Douglas Backous, a cera de ouvido, existe para nos proteger. A sua finalidade é manter o canal auditivo limpo. Ela ajuda a afastar a poeira e sujeira de nossos tímpanos e também exerce papéis antibacterianos e de lubrificação. Nossos ouvidos se limpam sozinho. Quando a cera seca, cada movimento do maxilar, quando você mastiga alimentos ou conversa com seus amigos, ajuda a trazer a cera velha para fora da abertura da orelha. A questão é que sempre pensamos que somos mais inteligentes que os sistemas do nosso corpo que existem desde sempre. Sendo assim começamos a cutucar os nossos ouvidos cheios de cerume. O cotonete pode parecer muito pequeno, mas na realidade o que ele faz é empurrar a cera de ouvido para mais fundo no ouvido, é ai que começa o problema, movimentamos ela para locais que não se limpam sozinhos, ela fica presa. Esse cerume que fica preso, estava repleto de fungos, bactérias e vírus acumulados no ouvido externo, e agora ele pode te causar dor e infecções. Além disso, empurrar a cera para dentro do ouvido pode também bloquear o seu canal auditivo, levando à perda de audição, ou se você empurrar ainda mais fundo, pode levar à ruptura do seu tímpano, e acredite, isso será extremamente doloroso. Anualmente cerca de 12 milhões de pessoas vão ao médico com “cerume excessivo ou impactado” nos EUA. Uma maneira de dizer que eles tem sérios problemas com cera de ouvido. Desses 8 milhões acabam em procedimentos para retirada de cerume realizado por profissionais médicos, e isso não inclui o especialista em cone chinês da esquina, segundo a Academia Americana de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço (AAO-HNSF). Seus ouvidos só precisam realmente de uma limpeza por um profissional médico, se você sentir que estão cheios ou se notar mudanças na sua audição que possam ser relacionadas ao acúmulo de cera.  A AAO-HNSF achou tão importante frisar que não se deve enfiar cotonetes dentro do ouvido, que divulgou uma declaração oficial a esse respeito, voltada a médicos e pacientes. O site da empresa Q-Tips a maior fabricante de cotonetes nos EUA, avisa que o produto só deve ser usado “na área externa do ouvido, sem penetrar no canal auditivo”. É nesse momento que muita gente torce o nariz e diz que não pode abrir mão de limpar os ouvidos. Backous diz, que isso é apenas um ciclo vicioso de “sentir coceira e coçar”. Quando mais você esfregar a pele da sua orelha, mais histamina é liberada, mais irritada e inflamada a pele vai ficar, e mais você vai querer coçar. Até porque, como o cerume é lubrificante, sua remoção deixa os ouvidos mais ressecados, o que a levará a continuar a enfiar cotonetes neles, em um esforço completamente equivocado para encontrar alivio. Mas se você realmente não consegue deixar os seus ouvidos em paz, Backous recomenda que você irrigue-o. Algumas gotas em cada ouvido de uma mistura feita com partes iguais de vinagre branco, álcool cirúrgico e água da torneira na temperatura do corpo. (Segundo o médico se a mistura estiver quente ou fria demais, você pode sentir tontura). E por último ele ainda alerta, “não é bom colocar nada dentro do ouvido”.images

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF